INFORMATIVOS

Rota Santa & Bela Catarina

 

Caríssimo Motociclistas 

O Motociclista Wagner Sandoval Barboza criou a ROTA SANTA & BELA CATARINA, que esta detalhada no site oficial www.rotasantaebelacatarina.com.br inclusive várias fotos do trajeto (Ilha e Continente).

 Esta Rota foi criada com o objeto e desejo de:

1 . Divulgar e mostrar, em apenas uma Rota (dois trechos que somam 580 Km ( 109 + 471) Ilha, Dunas, Lagoas, Litoral, Serra e Planalto Catarinense, sem dúvida umas das GRANDES BELEZAS DE SANTA CATARINA;

2 . Divulgar, em especial, a Ilha de Florianópolis e a Serra do Rio do Rastro uma das mais belas estradas do Brasil, sendo que o Ir:. Wagner trabalhou na sua pavimentação(toda de concreto);

            3 . Oferecer, principalmente, aos MOTOCICLISTAS um roteiro lindo para suas aventuras;

Além de ficar gravado nos olhos, e coração quem completar a ROTA SANTA & BELA CATARINA receberá uma certificação (diploma numerado e constar no Site Oficial com o registro em fotos do participante) da realização do projeto e ainda um KIT especial que contém: Camiseta, Pin, Patch, Adesivo;

Os registros das viagens dos motociclistas que concluíram o projeto podem ser vistas no site acima indicado ou ainda também na página do Facebook:  https://www.facebook.com/rotasantaebelacatarina

 Ainda o Motociclista Wagner se propõe a ajudar caso quem desejar criar grupos para fazer o trajeto da rota, para tanto poderá: 1. buscar um preço melhor com desconto (apesar do preço ser simbólico, pois existe o custo dos materiais do Kit, da manutenção do site, além do custo de criação de todos materiais/site); 2. Receber diretamente as

O custo da participação do projeto deve ser consultado.

OMotociclista Wagner fica à disposição para maiores informações.

Wagner Sandoval Barbosa -  wagnersb.fln@gmail.com - Rota Santa & Bela Catarina

https://www.facebook.com/rotasantaebelacatarina

www.rotasantaebelacatarina.com.br

[...]

PULSEIRA LIFE CODE - Salve uma vida

           

Uma das preocupações constantes dos Motociclistas são os procedimentos a serem adotados em caso de acidente. Todos sabem que uma das dificuldades é informar aos Socorristas e Médicos os “dados” pessoais, tipo de sangue, se o acidentado possui algum tipo de alergia, diabete, doença grave, etc. Ainda sabemos que o ganho de tempo em um atendimento pode representar a vida ou a morte.

Muito motociclista ciente da necessidade e importância dessas informações mandava costurar em seu colete esses dados impressos, outros mandavam fazer cartões, tipo de cartão de banco. O maior problema passava a ser a localização desses dados pela equipe de socorristas na hora do acidente.

Em nossas “motocadas” já levamos mais de 15 motociclistas para hospital em face de atendimento e sempre nos posicionamos em favor de qualquer atitude, acessório ou medida que ajudasse quando da situação do acidente.

Tomamos conhecimento da existência da pulseira Pulseira LifeCode, que tem a função armazenar, informar, fornecer dados, aos socorristas, médicos e qualquer outro agente de saúde em caso de acidente, ainda tem a possibilidade de anexar documentos, tais como, documentos da moto, apólice de seguro, passaporte, etc.

A pulseira tem seu custo em torno de R$ 250,00 (pode ser alterado sem aviso, sendo para grupo pode ser negociado).

Por incrível que pareça temos oposição a adoção da utilização da pulseira, pois alguns alegam que “OS SOCORRISTAS E MÉDICOS NÃO TEM LEITOR PARA ESSE DISPOSITIVO” . Também já fiz essa ponderação. Porém cheguei a uma conclusão diferente, pois pensamos se o acidente acontecer onde o socorrista tenha, já valeu a pena o investimento de R$ 250,00. Ainda, o leitor  que é falado é qualquer computador, pois na demonstração abrimos o programa em nosso not book, que é bem simples. Assim, qualquer companheiro de viagem, sabendo disso poderá ir a qualquer computador, mesmo do hospital e imprimir e entregar para o médico. E ainda podemos, nos motociclistas, espalhar para todos esse novo método de informação. Afinal temos essa obrigação como motociclistas. Vejo que uma vida salva vale qualquer atitude. Com respeito a opiniões contrária.

Senhores diretores de Moto Clube, Moto Grupo e outras associações de motociclistas, por favor, deem atenção especial ao assunto e tentem adquirir esse importante instrumento de salvação de vida aos motociclistas de sua associação.

Na internet tem um amplo material sobre a pulseira - https://www.youtube.com/watch?v=GX_mwzDH5K0&feature=youtu.be

O representante da Pulseira LifeCode é o senhor  Leodesio Amorim - leodesioamorim@yahoo.com.br.

 

Salvar vida é missão de todo Motociclista.

 

wwww.motociclismosc.com.br

motociclismosc@motociclismosc.com.br

https://www.facebook.com/motociclismosc3176

Ulisses José Ferreira Neto

[...]

Acidente Por Que?

Acidente Por Que?

Estávamos vindo para o centro de Itajaí e ao passar na rótula do São Vicente, avistamos um acidente de moto, uma Biz, vermelha, caída no chão em consequência da batida.

A motociclista que conduzia a Biz estava sentada no chão e ainda de capacete.               Ao passar bem próximo dela, vi lágrimas em seus olhos.

O “SAMU” chegou naquele exato momento para socorrer a motociclista acidentada.

Até agora, passadas algumas horas, ainda temos em nossa mente os olhos cheios de lágrimas da motociclista.

Fiquei pensando. Por que deixamos isso acontecer?  Por que os políticos e entendidos no trânsito deixam isso acontecer? Por que nós motociclistas fizemos isso com nós mesmos? Por quê?

Nós deixamos acontecer porque, como a motociclista acidentada, não usamos na cidade qualquer equipamento de segurança e proteção, além do capacete, que muitas vezes está em péssimos condições de uso.

Por que corremos esse risco de ter ferimentos tão graves que podem afetar a nossa vida para sempre?

Só depois de um acidente é que as lágrimas vêm aos olhos e o arrependimento vem na alma, aí pedimos ajuda a Deus e a todos.

Esquecemo-nos de fazer a nossa parte, que é ter responsabilidade pelo menos com nós mesmos.

Os políticos sabem dos problemas e não fazem nada para mudar essa triste estatística, se fazem correm o risco de jamais se elegerem novamente, pois nós não queremos ser controlados em nossos direitos de não usar roupas de proteção, proteção e muito menos multados por infringir a lei ainda que a mesma seja para salvar nossa vida.

Só nos resta pedir a Deus e rezar, para que não sejam os nossos olhos a estarem com lágrimas no próximo acidente.

wwww.motociclismosc.com.br

motociclismosc@motociclismosc.com.br

https://www.facebook.com/motociclismosc3176

Ulisses José Ferreira Neto

[...]

Luvas Impermeáveis - Bonita - Excelente e Barata

Luvas Impermeáveis

                Todos nós que andamos de moto sabemos que um dos nossos principais problemas é andar de moto todo molhado e, sem dúvida, uma coisa que da muita agonia é guiar a moto com as mãos molhadas.

                Então saímos procurando um milagre para não guiarmos a moto com as mãos molhadas, aí vamos atrás das LUVAS IMPERMEÁVEIS.

                Quando vamos comprar, geralmente, os vendedores dizem que a luva é impermeável e que dá garantia de 3 meses (garantia estabelecida no Código de Defesa do Consumidor).

                Todos sabemos que em 3 meses, a princípio, não temos como averiguar se a luva é impermeável e realmente quando precisamos constatamos que a luva não é impermeável.

                Sinceramente, já compramos quase todas as marcas e não achamos uma luva que se propõe a ser impermeável que seja.

                Então procuramos soluções paralelas e encontramos uma.

                Utilizar luvas que são utilizadas para a inseminação de animais. Elas são compradas facilmente em casa de produtos agrícolas, em um valor super baixo.

                Essas luvas de inseminação de animais você coloca por cima da sua luva de couro, ou seja, você guia a sua moto com a sua luva de proteção e fica protegido da água da chuva.

                Fizemos quase 800 km embaixo de chuva e realmente não molhamos um dedo seguer.

                É uma dica que aprovamos.

                wwww.motociclismosc.com.br

motociclismosc@motociclismosc.com.br

https://www.facebook.com/motociclismosc3176

Ulisses José Ferreira Neto

[...]

VMAS - 7º Encontro - Viagem Moto América Sul

No último feriado de Corpus Christi, de 04 a 07 de junho de 2015, aconteceu o 7º ENCONTRO ANUAL DA COMUNIDA DE VMAS – Viagem de Moto América do Sul, na cidade de Urubicí, Santa Catarina.

As motos tomaram conta da cidade, com o lindo feriado de Sol, o que é raro para a região nessa época do ano.  Foram cerca de 400 participantes, sendo que a claridade do dia foi um convite para rodar de moto nos vários pontos turísticos da região.

Motociclistas de todo o Brasil e até do exterior vieram prestigiar o evento, todos motoviajantes que curtem grandes viagens de moto com destaque para o Motociclista de Manaus, Pará e até do México, sem deixar de citar o grande Motociclista, conhecido pela maioria dos Motociclistas do evento, THIAGO, conhecido como “O PROFETA”, que no auge de seus 70 anos conhece todo o Brasil e a maior parte da América do Sul, indo inclusive ao Ushuais – Fin Del Mundo – Rodando com a sua “Honda ML 125 cc, ano 1985, isso é um exemplo para nós!!! Ele inclusive foi homenageado por isso no evento.

O encontro foi muito divertido, onde reencontramos amigos e fizemos vários novos...

Durante o dia nos juntávamos em grupos e seguíamos para explorar a região com passeios pela Serra do Rio do Rastro (diurno e Notorno), Serra do Corvo Branco, Cachoeira Véu de Noiva, Morro da Igreja (Pedra Furada), Mirante da Cidade, Cachoeira Avencal (com direito a tirolesa Radical), Mirante Avencal, Campo da Santa Barbara, Gruta Nossa Senhora de Lourdes (com cascata), Pedra da Água, Campo dos Padres (nascente do Rio Canoas), Caverna do Rio dos Bugres,  Cachoeira da Neve, Cascata das Sete Quedas, Mirante Morro do Campestre, Passeio OFF Road pelos Cânyos e Trilhas.

O que não faltou foram opções de passeios. As paisagens da região são magnificas e convidativas, lugares mágicos e inesquecíveis, as cachoeiras, as aves exóticas, os cânyos, os quatis, macacos, são imagens que não sabem da nossa cabeça, que nos dão alegria, adrenalina e paz, um turbilhão de emoções, que fez valer a pena cada minuto, cada passeio.

Na noite de sexta teve uma reunião especial  para lançamento do 4º DVD do nosso grande amigo Vantuir Boppre – “CAMINHOS DA AMÉRICA 4 – Ushuaia e Ruta 40”. A apresentação foi show, seguida de homenagens com entrega de certificados e sorteios de brindes.

No encerramento teve o tradicional Churrasco, rsss, nas noites nos reuníamos na Pousada das Flores, ponto de encontro, para contar “causos” de viagens e trocar ideias, dicas e experiências de moto e viagens.

Foi um feriado extraordinário, memorável, orável, vale dizer que o encontro acontece uma vez por ano, sempre no feriadão de Corpus Christi e cada ano em um lugar diferente do Brasil.

Que venha o 8º Encontro VMAS....

Por MT Ana Paula Stringari – Itajai – MC Free Rider - Itajaí

 

Fotos do evento - http://motociclismosc.com.br/fotos_mostra.php?foto=71

 

[...]

Pomerode - Encontro - Dragões do Vale MC - Muita Chuva

                Nesse final de semana aconteceu um dos maiores Eventos Motociclístico de Santa Catarina, que é o evento de Pomerode. O evento se tornou famoso por sua estrutura, realizando-se no centro de eventos da cidade de Pomerode que, sem sombra de dúvidas, atende todas as necessidades de um evento de moto.

 O amplo estacionamento possibilita aos motociclistas tranquilidade em deixar suas motos, sendo que nessas áreas ainda é montada a estrutura dos shows de manobras e camping. As duas áreas de alimentação, uma externa e interna, com excelente variedade gastronômica deixa a todos satisfeitos.

O local destinado as apresentações das bandas de música comporta um ótimo público. Somente, em nossa opinião, a exposição de música na parte externa poderia ser mais baixa, permitindo a todos trocarem uma ideia mais fácil, já que o volume alto atrapalha um pouco, como também dentro do pavilhão, não sabemos se isso é possível, mas para quem está almoçando, fazendo um lanche naquela área fica difícil conversar.

Não só o local colabora com a grandiosidade do evento, mas também a organização/disposição dos espaços procedida pelos integrantes dos Dragões do Vale, que destinam o pavilhão coberto aos lojistas, possibilitando uma melhor exposição dos produtos colocados à venda. O amplo local oferece aos nossos queridos lojistas uma exposição de produtos de forma tranquila. Constatamos que os lojistas que estão mais presentes são os que vendem roupas, não existindo mais as tradicionais lojas de acessórios como existia antigamente.

Uma das atrações fortes é a locução do Jacson Padilha que entende e tramite todo o seu conhecimento aos ouvintes da locução.

Há dois anos o evento de Pomerode vem contando com uma participante que “atrapalha” um pouco, a chuva, a torrencial chuva, que não deu trégua no final de semana da realização do evento.

Todos sabem que com chuva, de imediato, 70% do público do evento não vai, porém, com as chuvas que “caíram” esse final de semana podemos afirmar que 90% do público não compareceu. Fomos de carro, pois realmente não tínhamos condições físicas de enfrentar o clima chuvoso. Porém não nos arrependemos, pelo contrário.

Encontramos na estrada e no local “verdadeiros” heróis da moto, já fizemos muito disso, que foram ao evento “embaixo” de muita água.

Quem foi de moto ou de carro não se arrependeu, pelo contrário, o evento de Pomerode é maravilhoso com ou sem chuva.

Ficamos tristes pelos integrantes dos Dragões do Vale, pois sentimos que o evento é preparado com tanto respeito aos motociclistas, tanto carinho, que eles mereciam um lindo dia de sol.

Vejam as fotos do evento na sessão http://motociclismosc.com.br/fotos_mostra.php?foto=70

Abraços a todos, até ano que vem em Pomerode.

 

wwww.motociclismosc.com.br

motociclismosc@motociclismosc.com.br

https://www.facebook.com/motociclismosc3176

Ulisses José Ferreira Neto

 

[...]

DESGARRADOS MG – Blumenau – 2º Aniversário

         Nesse sábado fizemos um bate e volta, assim como muitos motociclistas, a linda e encantadora  cidade de Blumenau. Lá fomos em uma das melhores lojas de moto e acessório do nosso estado – MOTO CAFÉ . Após um gostoso bom papo fomos ao evento.

         O evento se realizou no espaço da Lanchonete Madrugadão, o local é excelente, pois atende todas as necessidades dos organizadores do evento e dos motociclistas que participam do mesmo.

         Gostamos dos eventos em que os Organizadores, no caso, os Motociclistas do MG Desgarrados, trabalham com felicidade nos rostos, pois sentíamos que eles estavam fazendo o evento para nós com felicidade em seus corações e esse sentimento de felicidade passa para quem vai ao evento.

         Um dos pontos fortes do evento, sem dúvida, e a farta e deliciosa comida oferecida, carne assada na brasa, pão. Mas pensem em uma carne saborosa, sendo que, a refeição foi servida desde as 10.30 até às 15 horas (período que ficamos no evento).

         Os integrantes do MG Desgarrados adotaram o tipo de evento conhecido como “almoço”, onde é oferecido aos participantes um almoço, que se estende até certa hora da noite, porém sem atravessar a mesma. Acreditamos que esse sistema seja, atualmente, o melhor sistema para se organizar um evento, pois quem organiza não passa pelo stress de organizar um evento tradicional.

         Surpreendeu-nos a grande quantidade de motociclistas adeptos as motos esportivas presentes no evento, demonstrando como são queridos os integrantes do MG Desgarrados.

         Ao nosso ver o que faltou para o evento foi mais mesas e cadeiras pois em face da grande quantidade de motociclistas que participaram do evento ficou muita gente sem mesa, mas isso não atrapalhou o evento. O segundo ponto, a nosso ver, foi a música colocada em uma boa parte do evento, a musica eletrônica, sentimos falta do velho e tradicional rock, porém isso é nossa opinião que já passamos da idade da música eletrônica.

         Para fechar o grande evento do MG Desgarrados o evento contou com um dia maravilhoso para tocar a moto, sem dúvida um excelente evento em um excelente dia para andar de moto.

         MotociclcismoSC

         Ulisses José Ferreira Neto

[...]

MOTOSUL – RIO DO SUL 2015

         O evento motociclístico de Rio do Sul, realizado no dia 18 de abril de 2015, levou muitos motociclistas ao MOTOSUL.

         O MOTOSUL deu um banho de organização. Muito bem estruturado e bem planejado. O primeiro ponto forte do evento é a gostosa viagem que se faz até  a linda cidade de Rio do Sul.

 O segundo ponto forte é o lugar do evento, sem dúvida é um dos melhores do estado, que é o centro de eventos da cidade e abriga perfeitamente o encontro.

O terceiro ponto forte foi à presença da Guarda Municipal e dos seguranças que trouxe a todos a garantia de um evento tranquilo.

O quarto ponto forte foi a instalação de um parque de diversões, que fez a alegria das crianças.

O quinto ponto forte foi os lojistas com muitos expositores presentes e grandes marcas de moto também em exposição.

Notamos e sentimos uma certa tristeza que é falta de lojistas relacionados aos acessórios e equipamentos de moto. Os motociclistas mais antigos sabem do que estamos falando, pois antigamente vários lojistas vendiam todos os equipamentos para as motos, tais como protetor de motor, alforjes, etc.

Hoje em dia os lojistas em maior número são os que vendem camisetas, muitas vezes sem qualquer tema de moto.

 

O sexto ponto forte é a alimentação, onde as lanchonetes ofereciam as tradicionais opções que geralmente encontramos nos eventos, porém com muitos lugares para sentar e se alimentar sossegado.

O sétimo ponto forte foi à locução do nosso amigo Jakson Padilha, que nos passava uma alegria impar, a qual achamos que se deve ao fato do mesmo ter acabado de retornar de uma épica e maravilhosa viagem.

O Governo do Estado de Santa Catarina montou no evento um estande com a finalidade de divulgar o turismo em nosso Estado. Sem dúvida uma excelente iniciativa, pois o Estado é lindo e todos os motociclistas tem a obrigação de conhecer os seus quatro cantos.

Rio do Sul inovou no sentido de proibir o ingresso de bebidas trazidas pelos participantes, sendo que as mochilas e sacolas eram verificadas na portaria do evento. Não somos contra, pois todos sabem que esses eventos tem um alto custo e a bebida  é uma fonte de renda de retorno importante do custo.

Rio do Sul – o MOTOSUL sem dúvida é um grande evento.

MotociclismoSC

Ulisses José Ferreira Neto

[...]

Educação/Motociclismo

Esse é um tema difícil de escrever, pois para nós EDUCAÇÃO deve se trazer de casa e CULTURA buscamos nas escolas. O RESPEITO vem da EDUCAÇÃO que recebemos em casa e da CULTURA que recebemos nas escolas, mesmo que seja a escola da vida.

                Para você saber se você está sendo EDUCADO, para saber se você está aplicando e sendo Culto, para saber se você está agindo com respeito é muito simples.

                Basta fazer o exercício do “outro lado da moeda”.

                Vamos dar alguns exemplos para explicar melhor o exercício do “outro lado da moeda”.

                Recentemente na disputa do Campeonato Carioca o Flamengo se consagrou campeão com um gol irregular diante do Vasco da Gama. Os Vascaínos saíram falando pelos quatro cantos do mundo sua indignação. Somos Vascaínos. Queriam anular o jogo, queriam linchar o árbitro, ou seja, queriam a justiça.              Nesse final de semana o Vasco venceu no Campeonato Carioca com um gol irregular, um pênalti inexistente. Não vimos nenhum vascaíno querer linchar o árbitro, não vimos ou ouvimos nenhum vascaíno pedir a anulação do jogo, não vimos nenhum vascaíno pedir justiça. Então os Vascaínos olharam um lado da moeda e não olharam o outro.

                Vamos a outro exemplo: Quando furamos a fila, podemos achar bom, pois estamos ganhando tempo, estamos tendo vantagem, porém quando alguém fura a fila ficamos bravos, chateados e até brigamos.

                Mais um exemplo, dessa vez motociclístico: No Grande evento do MC 100 Limite, em Rio Negrinho, um motociclista bem bêbado ficava defronte a barraca falando alto, bebendo e comendo um churrasco, não se importando com quem estava a seu redor. A Esposa desse motociclista já ao longo da madrugada chamou o mesmo para dormir e deixar os outros dormirem. Então o motociclista festeiro chamou um monte de nome para a mulher, disse que ali era lugar de festa e quem quisesse conforme e silêncio que ficassem em casa e que se ela quisesse dormir que fosse dormir em outra barraca. Ele ficou nesse estado de RESPEITO até uma certa hora da madrugada, quando então outros motociclistas em conjunto enquadraram ele e avisaram que ele iria apanhar se não deixasse os outros dormirem. Ele então após espernear um pouco foi dormir. Aí todos dormiram. Quando o sol levantou o mesmo motociclista passou a incomodar os outros, porém por uma razão diferente, ele chamava pela esposa que não estava na barraca, certamente, como ele mandou, ela foi dormir em outra barraca. Ele dizia: “querida onde você está, vem dormir vem”. Ninguém ficou bravo com ele, sendo que só se ouvia ele ser chamado de um nome que aqui preferimos não dizer. Bem então esse motociclista teve a prova da existência dos dois lados da moeda, uma cara e outro corno.

                Nos eventos motociclísticos a falta de RESPEITO está presente. Porém para uns não é falta de respeito a atitude que tomam, para outros é falta de respeito. Esse diferente ponto de vista é formado em face dos diversos pontos de vista de uma mesma situação, senão vejamos:

                Analisamos o local do acampamento, onde são montadas as barracas, onde os motociclistas de acampamentos dormem.

                Todos sabem que para dormir precisamos de silêncio, ponto pacifico.

                Todos sabem que tem motociclista que vai dormir na barraca cedo e outros curtem o evento até o final e vão dormir de madrugada.

                Todos sabem que o som alto, a conversa alta atrapalha o sono e não deixa ninguém dormir.

                Então todos concordam com os três tópicos acima.

                Então por qual motivo existe falta de respeito se todos concordam.

                Simplesmente em face da posição de cada um dentro da situação no momento que ela ocorre.

                Se formos dormir cedo e tiver alguém falando alto, com som alto, vamos achar uma falta de respeito. Para quem fala alto e coloca som alto ele acha que está no direito, pois a noite é uma criança.

                Porém, se no amanhecer do dia, quem foi dormir cedo e acordou cedo conversar alto e colocar som alto certamente se achará no direito de fazer, pois já amanheceu o dia. Quem foi dormir de madrugada e quer dormir até mais tarde achará uma falta de respeito, pois ele quer dormir.

                Então vem a pergunta: Qual lado da moeda está faltando com respeito? Em nossa opinião, ambos os lados, pois ali no acampamento é uma área de “dormitório”, desta forma temos que o objetivo do lugar é DORMIR.

                Atualmente muitos motociclistas estão deixando de ir aos eventos, pois os locais de acampamentos foram invadidos por som, por churrascadas e festas fora do local designado  para isso no evento.

                Eles não vão mais aos eventos justamente pela falta de respeito.

                Logo, logo, os organizadores de evento vão ter quem começar a separar as áreas de camping em área protegida de sons, destinadas exclusivamente ao sono, e outra área de eventos destinados aos “festeiros”, independente do horário da festa.

Por isso queridos Motociclistas o bom senso tem que se fazer presente no nosso meio, sempre se deve analisar os dois lados da moeda, respeite seu Companheiro de Estrada para que ele respeite você. A noite é uma criança para quem quer se divertir mas também é um alivio depois de varios KM rodados.

MotociclismoSC

Ulisses

                

[...]

Banners Eventos

PUBLICIDADE

Motociclismo SC © 2015 Todos os direitos reservados.